Centro de Estudo Regianos

O Centro de Estudos Regianos foi criado em fins de 1997, na sequência do projeto Estudo e Edição dos Manuscritos Autógrafos de José Régio, lançado em 1993, no âmbito do Programa Lusitânia (Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica / Instituto Camões), cuja coordenação esteve a cargo do Prof. Doutor Luiz Fagundes Duarte da FCSH / Universidade Nova de Lisboa.

O projeto teve como finalidade o estudo e a edição do espólio autógrafo de José Régio pertencente à Casa Museu de José Régio, em Vila do Conde, e foi desenvolvido por uma equipa especializada constituída por Maria Isabel Cadete Novais (coodenadora dos trabalhos em campo e editora) e Manuela Laranjeira (inventariadora e classificadora de documentos). Esta equipa contou com a colaboração de autores de edições crítico-genéticas dos materiais inventariados: Enrico Martines, Letizia Grandi, Giorggio di Marchis (investigadores da Universidade de Roma), Maria Aliete Galhoz e João Minhoto Marques.

O CER apresenta-se como uma Associação Cultural cujos objectivos consistem na divulgação e estudo da obra do escritor José Régio.  Além da publicação do seu Boletim Estudos Regianos, que tem por fim reunir e divulgar os trabalhos que vão sendo realizados sobre a obra do Escritor, o CER encontra-se à disposição de leitores e estudiosos, como Centro de Documentação e Informação, propondo-se apoiar e desenvolver atividades de investigação, e aprofundamento de estudos nas áreas da literatura, filologia e cultura portuguesas do séc. XX, ações de dinamização cultural e ainda editar estudos e recolhas de textos dispersos de Régio.

Desejando expandir as suas atividades, o CER encontra-se recetivo à cooperação com todas as entidades da cultura, nacionais e internacionais, que se afirmem por critérios de rigor científico e revelem objetivos semelhantes aos seus.

error: Conteúdos protegidos por direitos de autor!!